terça-feira, 19 de junho de 2007

Fala, Zanfra!

Definição de jornalista:
Alguém que sabe quase nada sobre quase tudo e, com base nesse conhecimento, faz questão de defender suas posições em público.
E-por-isso-eu-estou-aqui, como dizia aquela velha canção do Roberto: para defender minhas posições em público. Um pouco de quase nada eu destilo no “Repórter de Polícia” (cujo link está logo aí embaixo, ao lado), um blog sério, sisudo, às vezes chato, que eu uso para verter meu lado profissional; neste cantinho, pretendo alinhar o outro tanto do quase nada que eu sei.
Tem muito coisa acontecendo no Brasil e no mundo para que eu limite meus sapientes comentários ao jornalismo policial. Até alguém policialesco como eu se enche dessa limitação.
Mas isso não significa que eu vá abortar o Repórter de Polícia, mesmo porque as mais de 12 mil visitas até agora não merecem isso. Vou continuar postando minhas notas por lá, desde que se refiram à reportagem policial. Se me der vontade de comentar outro assunto, fico por aqui. Alguém tem alguma coisa contra?
Então: Fala, Zanfra!
Óia que eu falo!

2 comentários:

Bonassoli disse...

Demorou para falar! Manda bala. Ops! Para repórter de Polícia é melhor não dizer esta frase. manda texto, Zanfra.

Sorte com mais este blog. Seja bem-vindo!

Magoo
www.bonassoli.blogspot.com

... disse...

Só agora eu reparei que os comentários não podem ser anônimos. Acredito que muita gente não escreve porque não tem saco para criar uma conta no Google