segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Clodovil é a mãe!


Onde é que já se viu?!
Chamar “a mãe de vossa excelência” de “uma senhora de poucos, quase imperceptíveis atributos morais”, tudo bem! Chamar o próprio “vossa excelência” de “um cachorro pulguento, safado, indigno do osso que está roendo”, também tudo bem! Mas questionar a convicção do “nobre colega” com um adjetivo metonímico que não deixa dúvidas quanto ao seu significado, ah, aí a coisa pega! Chamar alguém de “clodovil”, principalmente se esse alguém não tem qualquer intimidade com tesouras, linhas e dedais, é motivo para um duelo ao crepúsculo.
Ou para cassação por quebra de decoro parlamentar...
Na Câmara Municipal de General Salgado (SP), os vereadores optaram pela segunda alternativa, já que a praxe de lavar com sangue a honra ultrajada já há muito deixou de constar da pauta do dia. Com isso, o vereador Célio dos Santos Gambi – que em outubro emprestou a seu colega Marcos Antônio de Alencar o nome de batismo em questão – teve seu mandato cassado no final da semana passada e deixou seus 237 eleitores chupando o dedo.
Seis dos nove vereadores do município entenderam que a conotação foi pejorativa e teve cunho sexual. Gambi diz que não: chamou o colega do PTB de “clodovil” por seu temperamento “nervoso e explosivo”.
Tá certo. Todo mundo tem o direito de se defender. Mas responda depressa: se alguém te chamar de “clodovil” na rua, você vai entender como...
a) ... um elogio ao seu bom gosto pessoal, porque você costuma se vestir bem?
b) ... um tributo à sua capacidade de defender com unhas e dentes seu ponto de vista, doa a quem doer?
c) ... um reconhecimento a seu porte altaneiro, digno de um tribuno que vai levar o País ao Primeiro Mundo, mais cedo do que se espera?
d) ... exatamente aquilo que entenderam os vereadores de General Salgado, a população de General Salgado, a população das cidades vizinhas a General Salgado, a imprensa nacional, os políticos brasileiros e, provavelmente, o próprio Clodovil Hernandes?
e) ... falem mal, mas falem de mim...
Até o fechamento desta edição, o dono do nome considerado pejorativo não havia se manifestado a respeito.

12 comentários:

betinhohirtz disse...

Nem vais com certeza meu caro colega Zanfra.
Pois se assim ele o fizer, terás que atendê-lo e como sabes ele gosta de sofrer. Terás que fazer muita força, para que ele sinta dor.
Porém,na verdade, como não sei se és chegado ao sistema de vida de "S.Exa". o Clodô, talvez.....
Abraços e se for o caso, sucesso...

Anônimo disse...

Realmente, difícil definir o que é considerado ofensa entre nossos políticos. Mas, certamente, chamar alguém de "cachorro sem-vergonha" tem um tom muito menos jocoso do que xingá-lo de "clodovil".

Bruno

Anônimo disse...

Pela cara do Clodovil, parece que alguém o chamou de "clodovil", eheh!
:)Jéssica Burande, SP

Anônimo disse...

Po, primo.. meu comentario estava tao ruim que vocce preferiu nao publicar?

Marco Antonio Zanfra disse...

Que comentário, dona Cíntia? Eu não exerço qualquer poder de veto sobre o que as pessoas escrevem. Ao contrário de muitos por aí, eu nãi filtro o que os outros escrevem no meu blog. Se você escrever e não houver nenhum acidente de percurso - falha de tecnologia, por exemplo - seu comentário sai na íntegra.

Fabiano Marques disse...

coitado do cachorro pulguento. hehehehehehehehehehe

Anônimo disse...

Bom...
Acho q se alguem me chamar de Clodovil, vou ser obrigado a concordar com a alternativa D!
Tanta coisa com o que se preocupar nao é?
Será que nesta pequena cidade não existem problemas? Tudo lá é perfeito?
Mas, fazer o que né?
Acho que nossos politicos, na grande maioria, são uns "Clodovis", alguns ainda escondidos, ou como se diria na rua "enrustidos".
Abraço,
André Campos

Anônimo disse...

Ah, so pra sacanear:
Prefiro ser chamado de Clodovil, do que Corinthiano, Avaiano ou Flamenguista!
Rrsrsrsrsr
Abraço
André Campos

Marco Antonio Zanfra disse...

...ou...
Prefiro ter um filho veado a ter um filho clodovil!!!

Anônimo disse...

Como a gente dizia quando era crianca: "Clo para os intimos, vil para os inimogos e do pra todo mundo"

E a gente que chamava um vizinho de Santelmo.. (so os velhotes saberao o que quer dizer..)

Marco Antonio Zanfra disse...

Eu sei por que o chamavam de Santelmo. Serei um desses velhotes de que você fala?

Anônimo disse...

Sim, velhote... assim como eu!.. Eu jurava que o nome dele era esse mesmo! Que mancada! Ja imaginou: "-Bom dia, Sr, Santelmo!.."